Rede de Estudantes-Voluntários | はあとふる・ふくしま

loader
はあとふる・ふくしま

Rede de Estudantes-Voluntários

2011/09/05
 

Continuaremos com as atividades que deixam as pessoas felizes através de uma rede forte e de ideias que esbanjam juventude

A Rede de Estudantes que dão Assistência para a Reconstrução de Fukushima (Fukushima Fukko Shien Gakusei Network), em que o Centro de Voluntários em Caso de Desastres da Universidade de Fukushima se tornou fundador, foi fundada com a intenção de ao mesmo tempo intensificar as atividades entre eles e ampliar para todao a província. Entre suas atividades estão a distribuição de mantimentos de assistência, entrega de mantimentos de subsistência nas casas temporárias, “ashi-yu” ou um tipo de onsen para pés, barracas para eventos, entre outros. Ao perguntarmos à representante, Ayumi Takahashi, sobre a importância da Rede, nos respondeu “O nosso maior objetivo está na contínua assistência às vítimas de Fukushima. Nessa continuidade, é possível que haja muitas questões a serem resolvidas. E poder pensar juntos nessas questões.” “Aprender com os pontos controversos também é um mérito. Mesmo sobre o ‘ashi-yu’, entre os estudantes da Universidade de Fukushima com a Faculdade de Engenharia da Universidade do Japão e da Escola Técnica de Ciências da Saúde de Koriyama, do mesmo modo como o ponto de vista sobre o passado é diferente e, se o modo de ver as coisas difere, questões que até então não eram vistas vêm à tona”, continuou.

Na verdade, vou apresentar o “Bon-odori de Namie-machi” (realização: Órgão governamental Namie-machi) realizado na Casa Temporária Número 1-Kitakansen (Iizaka-machi Hirano, Fukushima-shi), quando fui em 16 de agosto ver que tipo de atividades eram feitas. No dia, tendo a Universidade de Fukushima como centro, os estudantes das Faculdade Técnica de Fukushima, Universidade do Japão, Universidade Internacional de Osaka e Faculdade de Curta Duração Sakura no Seibo se juntaram e colaboraram com a montagem e desmontagem do salão. Além de animar com barraquinhas de vendas e exibir exercícios físicos “Gambappe Taisô” em que qualquer um podia fazer facilmente.


▲Exercícios físicos saudáveis “Gambappe Taisô” que qualquer um consegue fazer

▲Distribuição de louças que chegaram como mantimentos de assistência. Sucesso de público, acabou num instante ▲Drink-doce vietnamita, “Che”, distribuído gratuitamente. Quem nos ensinou a receita foi um bolsista do Vietnã. Com o cometário “Que gosto diferente”, sucesso total

“Tanto nos abrigos como nas casas temporárias é assim. Se a gente vai, nos dizem ‘Ficamos bem só porque os estudantes estão aqui.’ Como isso é gratificante, sempre pensamos em batalhar mais da próxima vez”. Daqui pra frente, além de eventos onde possam oferecer oportunidades para ajuntar pessoas, mais do que nada, Takahashi quer dar importância para o “ouvir”. “Para cada vítima há uma história de vida. Gostaria de dar importância nisso”. A continuidade é a força. Continuem com as atividades que fazem as pessoas felizes, através da forte rede de estudantes.

Rede de Estudantes que dão Assistência para a Reconstrução de Fukushima
Atualmente, estudantes e pós-graduandos de 16 universidades, faculdades de curta duração e escolas técnicas da província participam das atividades enquanto usufruem mutuamente das informações e lutam para trabalhar em conjunto. Nas reuniões ordinárias realizadas uma vez por mês, participam estudantes de várias áreas de estudo como política administrativa, engenharia, enfermagem, bem-estar, entre outros e, além de apresentar o relatório das atividades, também há ativas discussões como refletir sobre os projetos da rede e pensar sobre novas questões. Na foto, de 02/ago/2011, a 3ª Reunião Ordinária realizada no campus Fukushima Gakuin Daigaku Eki-mae.

この記事が気に入ったら
いいね!しよう